Deu Match!?

Graças à tecnologia, é possível arranjar um pretendente em um estalar de dedos, ou melhor, em um deslizar de fotos na tela do celular. Mas, afinal, o que acontece depois? Para isso, foram feitas entrevistas, metade delas com mulheres de 19 a 53 anos, a outra metade com homens entre 16 e 44 anos. Os entrevistados responderam a quarenta questões em um levantamento que investiga desde as intenções individuais no aplicativo até as preferências físicas e de personalidade. Eles também se pautam pela beleza e pelo corpo. Os programas de troca de mensagens logo caíram nas graças dos internautas, propiciando contatos mais frequentes com quem mora longe.

Mulheres busca homens 577924

Plataformas vão contra a moda de encontros casuais e atendem usuários em busca de compromisso

A equipe da BBC News Brasil lê para você algumas de suas melhores reportagens Episódios Fim do Podcast Quis desmascarar um golpista ao criar um perfil falso em um site de relacionamentos. Quatro homens me abordaram e todos diziam ser soldados americanos. Foi um sinal de alerta imediato. Um dos soldados, que dizia se congregar Paul Richard, investiu pesado. No segundo dia, ele disse a Kathryn que estava apaixonado.

Sobre este app

Do outro, mulheres se queixando dos encontros que arranjavam. Nenhum dos dois felizes. Daí apareceu o Tinder e um monte de outros aplicativos de encontros prometendo que a tecnologia — sempre ela — ia resolver o quesito. Agora, todo mundo ia achar o seu par ideal ou pelo menos se divertir tentando. Apostava nos encontros casuais, no flerte olho no olho.

Namoro online: conheça 6 aplicativos

Apps de paquera: confira 10 alternativas ao Tinder Por Bruno Borin 23 de Maio de às 13h16 Ver restante Num mundo cada vez mais conectado, é natural o crescimento recente de uso de aplicativos para paquerar e conhecer novas pessoas. O site se assimila com diversas outras redes sociais de encontros, como o Par Perfeito e o Ashley Madison. Porém, o app limita os matches, mostrando levemente 10 potenciais por dia Imagem: Captura de tela O Kickoff se define como o Tinder para namoro sério. E a fórmula do aplicativo tem feito sucesso: neste mês ele chegou ao Rio de Janeiro e a meta é chegar a todas as cidades brasileiras até o fim de Por enquanto o aplicativo é gratuito, mas a tendência é que com o tempo ele adote um formato freemium, assim como o Tinder. Além-mundo de facilitar a paquera, o app ainda oferece artigos e notícias sobre amor e sexo.

Leave a Reply

Your email address will not be published.*